Posts filed under 'Sem categoria'

Curso de Formação – Método Self-Healing

NÍVEL I – SEGMENTO A – RIO CLARO/SP

INSTRUTORAS SÔNIA CARROCINE E FERNANDA LEITE RIBEIRO

A primeira etapa de formação no Método Self-Healing chama-se Nível I, dividida em dois Segmentos: A e B. No Nível I, o foco principal está no processo de autoconhecimento dos alunos, no reconhecimento de suas próprias tensões e em como liberá-las através do movimento e das diversas técnicas de massagem, respiração e visualização, acordando assim sua própria força curativa. Por isso, é indicado tanto para quem quer conhecer melhor o funcionamento do próprio corpo, usando o método para o seu tratamento pessoal, quanto para quem quer se tornar um terapeuta ou se especializar.
Desenvolver o toque, trabalhar com suas resistências, descobrir seus desequilíbrios e quebrar os padrões restritivos de uso do corpo são tão importantes quanto o estudo da anatomia e teoria do método.
No segmento A do Nível I, dá-se ênfase à compreensão da anatomia dos sistemas músculo-esquelético (coluna, ossos e articulações), respiratório, circulatório e digestório, na perspectiva do método Self-Healing. Vivenciam-se inúmeros exercícios e técnicas de massagem, bem como exercícios para a melhoria da visão, destinados a aumentarem a consciência cinestésica desses sistemas e seu funcionamento saudável e equilibrado.
Trabalha-se também a questão do estresse e seus efeitos sobre o aparecimento e agravamento da maioria das doenças, e as estratégias de Self-Healing para sua redução. São aplicados exercícios para o desenvolvimento da consciência corporal e de quebra do padrão de movimento, a intuição dos alunos na avaliação visual e táctil dos desequilíbrios e a sensibilidade para um toque orgânico.
Os alunos que completarem satisfatoriamente o Segmento A receberão um certificado. Este segmento é realizado em 80 horas.

DATAS:
Primeiro módulo: 17,18 E 19 DE JUNHO DE 2011
Segundo módulo: 22,23 E 24 DE JULHO DE 2011
Terceiro módulo: 27,28 E 29 DE AGOSTO DE 2011

LOCAL: ANFITEATRO DO COLÉGIO KOELLE
Rua Cinco, 1827
Rio Claro – SP

INVESTIMENTO :
• R$ 1800,00 – R$ 300,00 de matricula até 25/05/11 + 4 parcelas de R$ 375,00
• R$ 1700,00 – à vista/antecipado : R$ 300,00 na matrícula até 25/05/11 + R$ 1400,00 no início do curso
• Repetição do curso: R$ 600,00
• Promoção especial: ganhe desconto de R$200,00 para cada pessoa que você trouxer

INSCRIÇÕES E INFORMAÇÕES COM :
Laura Canto
19 3432-4867
19 8253-3573
cantolaura@hotmail.com

INSTRUTORAS

Fernanda Leite Ribeiro formou-se em História na USP em 1982. Foi bailarina profissional, professora de dança e atuou em teatro. Em 1992, iniciou a formação de Self Healing, na primeira turma que Meir ministrou no Brasil. Atualmente é optometrista, formada pelo Instituto Filadélfia (SP) e terapeuta do método Meir Schneider – Self-Healing, certificada pela School for Self-Healing (São Francisco, CA – USA). Tem especialização em Educação Visual e é uma das instrutoras do curso avançado de visão. Desde 2005, trabalha também com técnicas de reabilitação da optometria comportamental, especialmente a Sintonica, com formação nos EUA. É membro do College of Syntonic Optometry e do Conselho da Associação Brasileira de Self-Healing.

Sônia Carrocine é pedagoga, especializou-se em Deficiências Visuais e Surdez pela Unicamp e Intervenção Precoce em Visão Subnormal e Cegueira pela Santa Casa de São Paulo e Grupo Perkins Internacional. Também é formada em Surdocegueira pela ADEFAV e Programa Perkins Internacional. É Professora de Visão, Terapeuta Corporal e Instrutora da Especialização em Visão pelo Método Self-Healing de Meir Schneider na School for Self-Healing, Califórnia, USA . Atua há 20 anos no Centro de Habilitação Infantil Princesa Vitória em Rio Claro-SP, onde é responsável pelo Núcleo de Intervenção em Visão Subnormal e Cegueira. Também atua com portadores de Surdocegueira e Doenças Progressivas em Clínica Oftalmológica nesta mesma cidade.

Add comment maio 10th, 2011

Curso de Radiestesia com Sérgio Areias

Radiestesia aplicada na área da saúde é uma disciplina capaz de medir padrões de desequilíbrio com resultados consistentes, tanto na diagnose quanto no tratamento.

Conteúdo

Módulo I

  • História e evolução da Radiestesia na área da saúde
  • Conceitos e práticas de Radiestesia Básica
  • Os três estados primários de desequilibrio
  • Causas invisíveis de agressão ao corpo físico
  • Análise de causa e efeito
  • Etiopatogenia Energética
  • Patogenicidade das radiações
  • Prática com o pêndulo
  • A régua biométrica de “Bovis”
  • Conduta terapêutica no uso da Radiestesia
  • Corpo bioplasmático
  • Código de Ética

Módulo II

  • Sistemas integrais de saúde
  • Campos Morfogenéticos
  • Corpos sutis: etérico, emocional, mental e espiritual
  • Chacras e Meridianos (noções básicas)
  • Fitoterapia por Radiestesia
  • Caminho para medição: Global, específica e auxiliar
  • Remédios vibracionais
  • Uso prático da régua biométrica
  • Protocolo de atendimento
  • Radiônica

Datas

Módulo I -30 de abril e 01 de maio de 2011

Sábado: 9h às 12h/ 14h às 18h

Domingo: 9h às 13h

Módulo II – à combinar

Investimento

R$ 450,00 (por módulo) – dividido em três parcelas mensais.

Local

Rua Padre João Gonçalves, 129- Vila Madalena- São Paulo – SP

Informações

Para inscrições e maiores informações, entrar em contato:

(11) 3814-0700

(11) 5052-7130

Add comment março 22nd, 2011

Curso de Shiatsu Emocional com Arnaldo Carvalho

Início 22 de Maio (Domingos quinzenais)
na Cítara Saúde (Vila Madalena, São Paulo)

Shiatsu é uma terapia originada no Japão e desenvolvida em diferentes partes do mundo. Alia estudo científico à sabedoria tradicional do oriente.

O Shiatsu Emocional é uma abordagem direcionada à percepção psicossomática do Shiatsu.Prof. Arnaldo pratica Shiatsu há 16 anos e  já ensinou sobre o tema no Japão, Espanha, Portugal,Argentina, EUA, e de norte a sul pelo Brasil.

Já estão abertas as inscrições para o Curso Básico de Shiatsu Emocional na Cítara Saúde, a acontecer nos dias 22 de Maio, 12 e 26 de junho e 10 de julho de 2011 totalizando 4 encontros de 8H (aulas de 9 às 18H), ou 32 horas de curso.

A turma é reduzida, e portanto a garantia de vaga é por ordem de inscrições. O local do curso é a excelente clínica Cítara Saúde (veja o site www.citarasaude.com.br), na Vila Madalena, onde podemos aprender com todo o conforto.

Programa Básico (Carga horária 32H):

Introdução ao saber Oriental: Origem e evolução do Shiatsu; Comprovações Científicas; O equilíbrio através do toque; O toque shiatsu; O estilo Shiatsu Emocional; Os 7 preceitos do shiatsu emocional; Introdução à Medicina Tradicional Chinesa – Histórico, o Tao, Introdução às Cinco Fases; os 12 Meridianos e suas funções emocionais; Introdução à percepção do Hara; Introdução à Aromaterapia como amplificadora do toque shiatsu; Tratamento dos principais desequilíbrios emocionais através do shiatsu; exercícios práticos. Prática Básica com orientação ergonômica e postural.

Com o programa básico, é possível fazer uma sessão segura e com muitos benefícios aos praticantes.

Professor:
Arnaldo V. Carvalho pratica Shiatsu há 17 anos. Membro da Associação de Shiatsu de Espanha e da Associação Internacional de Shiatsu; Membro-Conselheiro do SINDACTA – Sindicato de Acupuntura e Terapias Afins do Rio de Janeiro; Diretor da Aeshi – Escola de Shiatsu e coordenador de Shiatsu do Centro Brasileiro de Acupuntura Clínica e Medicina Chinesa; Fundador e moderador do grupo Shiatsu-BR e Shiatsu Brasil, e autor do livro Shiatsu Emocional

Investimento:
O valor do curso completo é de R$900,00, e com desconto R$750,00 para pagamentos a vista até dia 18 de abril. O valor total pode ser parcelado em até 6x R$150,00.

Inclui apostila, certificado com chancela do Centro Brasileiro de Acupuntura e Medicina Chinesa e participação perene em nosso grupo de estudos, que dá total suporte ao aluno.

As inscrições podem ser efetuadas de três maneiras:

1) Diretamente na Cítara Saúde
R. Padre João Gonçalves, 129- Vl. Madalena- São Paulo/SP
2) Por telefone: 11 3814-0700
3) Por e-mail: citara@citarasaude.com.br

O prazo final para as inscrições termina no dia 30 de abril.

Maiores informações sobre o Shiatsu Emocional e o curso
em: www.shiatsuemocional.com.br e shiatsuemocional.wordpress.com

Add comment março 22nd, 2011

Fofinhos… mas não gordinhos.

Por Dra. Cristina Guttilla

 A alimentação saudável é fundamental não só para o crescimento e desenvolvimento com também para o perfeito funcionamento do organismo.

Infelizmente os hábitos alimentares estão muito desequilibrados e a obesidade aumentou muito nas 3 últimas décadas, principalmente em crianças ,adolescentes e adultos jovens .

O desmame precoce, a inatividade física e a introdução de alimentos inadequados em qualidade e quantidade são os fatores que mais contribuíram para a obesidade infantil. 

A criança , mesmo com a melhor das intenções ,geralmente é habituada a uma dieta idadequada e os efeitos do excesso de açúcar ,sal ,gordura ,proteínas e carboidratos vão repercutir para o resto da vida , tornando muito mais difícil a implementação da reorientação alimentar.

 Hoje sabemos que a alimentação, principalmente nos primeiros anos de vida , pode induzir efeitos tardios na saúde e em riscos de doenças na vida futura como obesidade, hipertensão ,diabetes , doenças coronarianas e várias outras.

Por isso é tão importante a atenção com o que se come ! Ajudar a criança à aprender a comer com prazer e qualidade é um dever e um grande carinho e esse cuidado constante irá repercutir pelo resto da vida…..

Saiba mais no post Obesidade Infantil.

Add comment março 15th, 2011

Mensagem de Ano Novo da Equipe Cítara Saúde

Em 2011, que possamos estar presentes para perceber o milagre da vida.

E receber o novo ano com consciência, amor, gratidão e fé.

Que possamos ser pacíficos, felizes e leves em corpo e espirito.

Com energia abundante para a jornada da vida.

Que possamos olhar para nós mesmos com olhos de compreensão e amor.

Reconhecer e tocar as nossas próprias sementes de prazer e felicidade.

Nos libertando da ansiedade, do medo e da impaciência.

Que possamos nos sentir em paz durante todo ano.

Que sejamos felizes, irradiando felicidade para todos os seres.

Add comment dezembro 22nd, 2010

Perdão – parte 2

 “Abra seu coração, abra seu sentimento, abra seu entendimento, deixe de lado a razão e deixe brilhar o sol escondido em seu interior”.

 A culpa e a dificuldade de perdoar, segundo o Yoga e o Ayurveda, estão diretamente relacionadas ao desequilíbrio do quarto chackra (chamado de Anahata) da nossa antomia sutil. Os chackas são como filtros que nos permitem trocar informações, sentimentos e impressões com o exterior e, por sua vez, recebem as impressões vindas do mundo.

 O quarto chackra, também conhecido como cardíaco governa sutilmente o coração, sistema circulatório, pulmões, ombros e braços, costelas e seios, diafragma e tem sua correspondência bioquímica com a glândula timo.

 Timo vem de tymus, palavra grega que quer dizer energia vital. Esta glândula está bastante ativa na primeira infância e vai gradativamente diminuindo suas funções ao chegar à maturidade. Quando esta glândula está ativa o organismo não envelhece. O timo é um dos pilares de sustentação de nosso sitema imunológico, juntamente com as glândulas adrenais. É extremamente suscetível às emoções como o amor ou o ódio.

 Estudos psicológicos diversos pesquisaram o impacto que nossos relacionamentos têm no sistema imunológico e concluiram que compartilhar sentimentos e situações que nos incomodam podem ter um impacto bastante positivo sobre nossa imunidade. É preciso desenvolver as qualidades positivas do quarto chackra que são amor incondicional e a compaixão. Para que o amor seja despertado, é necessário curarmos as feridas emocionais (mágoas) através do perdão e da liberação do passado e suas influências no presente.

 A prática de Yoga pode ser bem benéfica para iniciarmos um processo de liberação das emoções reprimidas. Algumas sugestões de prática:

 USTRASANA – postura do camelo (Ustra = camelo)

  • Postura:
  1. Ajoelhe-se e fique com joelhos e pés unidos, peitos dos pés apoiados no chão com os dedos relaxados;
  2. Encaixe o quadril, deixe o abdômen firme e a coluna ereta;
  3. Apóie as mãos espalmadas na base da coluna, parte posterior do quadril;
  4. Leve os ombros e cotovelos cada vez mais para trás com a intenção de aproximar os cotovelos;
  5. Mantenha o quadril na mesma linha que os joelhos, não projete o quadril para frente ou para trás, fixando-os;
  6. Ainda com o quadril encaixado, contraia glúteos e abdominal, incline o tronco para trás e aponte seu queixo para cima;
  7. NÃO projete o quadril para frente com a pressão das mãos;
  8. Apóie as duas mãos espalmadas na sola dos pés, abrindo ainda mais o peito, apontando-o para cima;
  9. Caso tenha dificuldade nesta etapa, tente as seguintes alternativas:
  • Afaste um pouco os dois joelhos um do outro;
  • Apóie as mãos nos calcanhares;
  • Apóie as mãos nos calcanhares com os dedos dos pés virados para o chão;
  1. Se ainda for difícil, pule os passos 8 e 9;
  2. Intenção de crescer a coluna e o pescoço para cima e para trás;
  3. Mantenha a postura estável e confortável;
  4. Concentre-se em respirações profundas e tranqüilas (5 a 12 respirações no início);
  5. Finalizando: com a força dos pés e joelhos empurrando o chão, volte o apoio das mãos na base da coluna, leve o tronco na mesma linha que o quadril, voltando para a posição vertical.
  6. Para descansar, leve o quadril na direção dos calcanhares, testa na direção do chão e braços ao longo do corpo.
  • Dicas importantes
  1. Evite esta postura se estiver com problemas intestinais, pressão alta, dor de cabeça ou se for cardíaco;
  2. Fique atento à posição do quadril e das pernas, o mais importante na postura é mantê-los estáticos enquanto a inclinação ocorre somente na parte superior do corpo;
  3. Proteja a sua lombar mantendo o encaixe do quadril a todo o momento;
  4. À medida que inclina o tronco para trás, cresça a coluna. Tanto a parte posterior como a anterior do tronco devem estar alongadas.

Caso sinta desconforto na coluna torácica ou lombar, diminua a inclinação do tronco para trás.

  • Efeitos benéficos da postura:
  1. Diminui a rigidez das costas, ombros e tornozelos, mantendo a coluna flexível e saudável;
  2. Alonga da região anterior dos braços e do corpo;
  3. Fortalece o sistema imunológico;
  4. Abre o coração, mantendo a disponibilidade e a entrega para as relações afetivas.

UJJAYI (Ud = para cima, de nível superior, soprar, expandir, proeminência, poder; Jaia = conquista, vitória, triunfo, sucesso, coerção, restrição) – respiração onde os pulmões são completamente expandidos e o tórax se torna dilatado como o de um orgulhoso conquistador

  • Instruções:
  1. Sente-se confortavelmente em Sukhasana (pernas cruzadas) ou numa cadeira, com a coluna ereta, olhando para frente;
  2. Durante uma expiração prolongada, murmure a palavra haaaaa de forma que esta respiração produza um ruído de leve fricção ao passar pelo palato (entre a boca e a garganta); é um som semelhante ao de embaçar um vidro, ou ainda o som que ouvimos no interior de uma concha.
  3. Experimente fazer com os lábios abertos e quando estiver sentindo a vibração suave do som na pate de trás da garganta, passe a fazer a respiração de lábios fechados.
  4. Sentindo facilidade, experimente produzir o mesmo som ao inspirar.
  5. Complete o ciclo da respiração – inspiração, pausa com o ar nos pulmões e expiração – repetidas vezes. O tempo deve estabelecer uma proporção de 1:2:2, ou seja, se for inspirar em 4 segundos, retenha 8 e exale 8 segundos.
  6. Esta prática deve ter a duração média de 15 minutos.
  7. Observe se o som de sua respiração é seco como o vento e oco e não anasalado.
  8. As narinas devem estar relaxadas (não puxe o ar com força, deixe a respiração acontecer naturalmente).
  9. Algumas pessoas conseguem realizar esta respiração com facilidade, outras levam mais tempo para aprendê-la. No entanto, não desanime. Faça quantas respirações precisar com os lábios abertos até conseguir!
  10. Não faça se estiver com irritações ou inflamações na garganta.
  11. Acalma a mente e os sentidos;
  12. Traz leveza, bem estar e tem efeito energizante;
  13. Promove tranquilidade e, ao mesmo tempo, força para lidar com as adversidades da vida.
  • Dicas importantes:
  • Efeitos benéficos deste pranayama:
  1. Acalma a mente e os sentidos;
  2. Traz leveza, bem estar e tem efeito energizante;
  3. Promove tranquilidade e, ao mesmo tempo, força para lidar com as adversidades da vida.

FLÁVIA MAIMONI RIBEIRO – psicóloga, instrutora de Yogaterapia e Terapeuta Ayurvédica. Busca integrar os conhecimentos da saúde milenar do Yoga e do Ayurveda com a ciência moderna ocidental.

Add comment outubro 21st, 2010

Álbum de figurinhas

Tudo começou com um álbum de figurinhas da Copa. Eu, professora de educação física, não poderia ficar de fora de tamanha mobilização. Era importante essa minha aproximação com as crianças pra elas perceberem que o futebol é um fenômeno mundial, uma manifestações cultural.

Quando me dei conta, estava completamente envolvida pelas trocas que elas proporcionavam. Não era apenas troca de figurinha por figurinha, mas era uma troca de momentos com amigos, encontro pra um café, um almoço, uma tarde no shopping, alunos e professores, alunos e alunos.
(Natália Quintilio)”

Eram trocas de histórias de vida, culturas, orientações… Tinham que combinar quais regras regeriam aquele momento: 1 figurinha por 1 figurinha, pegar quantas precisar, brilhante por 5, brilhante por 1 real…

Com tanta gente colecionando e precisando de figurinhas, pensamos numa maneira de manter todo mundo ligado e mandando as figurinhas pra quem precisava. Criamos uma lista com nome e figurinhas faltantes e enviamos por email pra todo mundo que sabíamos que estava colecionando.

Diariamente recebia notícias do tipo: “tenho 10 figurinhas pra fulano e 5 pro seu aluno, quando vem pegar?” e assim foram dias e dias trocando figurinha, vendo amigos, levando no escritório dele, recebendo de gente que eu nem conhecia e repassando pra todo mundo…

Um dos momentos mais marcantes foi quando Pedro, de 11 anos, me disse: “Professora, a Carol só precisa dessa figurinha pra completar o álbum. Eu vou dar essa pra ela, depois eu consigo outra pra mim.” E voltei pra casa pensando em que outro momento poderia ter ensinado tão preciosa lição…

Emocionante também foi o momento em que um grupo de alunos, que estavam num encontro on-line com colegas da Escola da Ponte, de Portugal, descobriam que os álbuns eram os mesmos e se propuseram a trocar figurinhas pelo correio, até descobrirem que o caminho daqui até lá demoraria mais de 1 mês… E concluíram que, com certeza, conseguiriam essa figurinha nesse tempo, porém, estavam dispostos a mandar ou pedir, caso alguém precisasse. Enfim, outro aprendizado importante pra vida deles.

O comentário mais engraçado foi: “Naty, hoje comi 20 pacotinhos de figurinha”, depois que sai de um barzinho com minha amiga Ale… Era incrível a capacidade dessas figurinhas de regularem o nosso comportamento naqueles dias.

Convencer as crianças a colecionar o álbum foi tarefa fácil, difícil foi convencer os pais. Com a minha prima não foi diferente, mas comecei a colecionar pro Luiz Otávio (5 anos) e pra Marina, minha afilhada de 2 anos. Até que um dia minha prima me disse que o Luiz Otávio quis escrever “Copa do Mundo” inspirado no álbum. Quando ele completou o time da Alemanha, comentou: “Naty, esse time não é a Alemanha. E eu afirmei: “É sim…” E ele respondeu: “Não é não, esse time começa com a letra D!” Ele tinha razão, mas não sabia que no álbum o nome dos times estavam em inglês. Sensacional ouvir isso de uma criança quase alfabetizada, mostrando o quanto uma atividade prazerosa ajuda nos ensinamentos passados pela escola.

Ao completarem seus álbuns algumas crianças vieram doar suas repetidas, afim de que outros álbuns pudessem ser completados. “Professora, leve essas figurinhas e veja na sua lista que precisa”. E, neste ponto, percebi como estava sendo importante tudo isso pra eles. Não poderia deixar o movimento perder força.

Tinha gente de todo jeito: crianças, adultos, avós fazendo pros netos, pais fazendo pros filhos, médicos, advogados, juízes, gêmeos, meninos, meninas, alunos de escolas públicas e particulares… A figurinha colocou todo mundo na mesma condição, a moeda de troca era a mesma e todos podiam dar e receber. E, exatamente nessa condição que está o que mais me encantou dessa história. Seria simples eu mesma concluir o que de bom isso trouxe às crianças, mas prefiro que elas mesmas digam o que sentiram:

“Eu acho que o espírito de equipe ajuda em várias ocasiões, principalmente onde há vários amigos unidos com o mesmo propósito: ajudar o próximo” (Carolina, 13 anos).  “Eu achei muito legal, a Naty me deu figurinha pra completar o álbum e eu gostei que o Victor também completou” (Luis Gustavo, 7 anos). “Eu achei muito legal e eu agora agradeço às pessoas que me ajudaram” (Felipe, 7 anos) “É muito legal trocar figurinhas, a gente dá um tanto que a outra pessoa precisa e recebe várias em troca” (Vitor, 7 anos). “Se eu tinha 2 figurinhas, eu dava essas 2 e recebia quantas eu precisasse. Eu ajudei meus amigos e outros também me ajudaram. Não importa a quantidade” (Leonardo, 9 anos).

Foram quase 100 álbuns completados com essa brincadeira. Mas isso não importa. O importante é a lição que isso deixou na vida de cada criança. Não importava se ela tinha muitas ou poucas figurinhas, o importante é que ela estava inserida no contexto e era capaz de interagir com outras pessoas, conhecidas ou não.

As aulas retornaram e, qual não foi minha surpresa, no 1º dia, 3 alunos vieram e me entregaram as figurinhas, com o mesmo discurso: “Professora Naty, completei meu álbum. Você ainda tem aquela listinha?”

E continuarei repassando as figurinhas pra quem precisa. Orgulhosa dos meus alunos e da superação que cada um teve. Hoje em dia não é fácil dar sem receber nada em troca. Muito pelo contrário, eles se acostumaram a apenas receber, sem esforço. Que essa lição perdure, por muitas Copas.

(Natália Quintilio)

2 comments setembro 2nd, 2010

Ayurveda & Educação Visual no II Congresso Internacional de Yoga & Ayurveda

Olá amigos.

No dia 11 de Agosto a equipe do Núcleo de Visão da Cítara Saúde apresentará o tema Ayurveda & Educação Visual no Congresso Internacional de Yoga & Ayurveda em São Paulo.

Palestra

Terapias Visuais – estudo de caso desenvolvido pela equipe multidisciplinar da clínica Cítara entre 2008 e 2009 e apresentado no 22º. Congresso Internacional de Visão Holistica, em novembro de 2009, em Spa, na Bélgica.

Palestrantes

Dra. Maísa Misiara é Clínica Geral, Homeopata e especializada em Ayurveda, formada em 1982 pela Pontifícia Universidade Católica de Sorocaba/SP.
Fernanda Leite Ribeiro é Optometrista especializada em Terapia Visual. Terapeuta do Método Meir Schneider-Self-Healing.

Clique aqui para conhecer a programação completa do evento.

Namaste.

Add comment agosto 4th, 2010

Boas vindas

É com muito carinho e alegria que recebemos a pediatra homeopata Dra. Cristina Gutila para integrar nossa equipe. Dra. Cristina tem vasta experiência clinica em pediatria tradicional e homeopática, enriquecida pelo aprendizado no Pronto Atendimento Homeopático Dr. David Castro em 1983, conferindo-lhe uma formação ímpar.

Add comment abril 23rd, 2010

Next Posts


Calendário de Posts

março 2019
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Posts by Month

Posts by Category